Tag Archives: Jornal da Record

    • O tempo voa como a Fumaça

       

      O texto abaixo foi escrito no dia da exibição da minha reportagem de estreia como correspondente em Nova York. Coincidentemente, amigos mui caros passavam pela cidade. Digo, passavam “sobre” a cidade. Nas fotos do genial Ricardo Beccari.

       

       

      Chegando a Nova Iorque. Com a Esquadrilha da Fumaça

      Escrevo este post de uma sala da base aérea de Portsmouth, em New Hamphire, nordeste dos Estados Unidos. Acabamos de viver uma experiência única e me sinto no dever de dividir com você, caro leitor.

      Decolamos a bordo de um avião C-130, o Hércules da FAB, acompanhando oito aviões Tucanos da Esquadrilha da Fumaça. Depois de uma série de apresentações no Canadá e uma demonstração em Altantic City, Nova Jersey, a Fumaça tem compromissos por esses lados. A caminho daqui, porém, estava o melhor da história.

       

       

      Tivemos autorização para sobrevoarmos o controlado espaço aéreo de Nova Iorque, a pouco mais de quinhentos metros de altitude, seguindo o rio Hudson e passando sobre as conhecidas pontes que ligam Manhattan ao continente. Também no trajeto, um pequeno ponto esverdeado quase passou despercebido: a Estátua da Liberdade, no sul da ilha.

      Gravamos as imagens que relato no post de um “mirante” privilegiado: a rampa traseira do Hércules, que foi aberta em vôo para facilitar a captação das imagens. O tempo estava claro, ventava pouco, e pudemos enxergar Manhattan inteira, de norte a sul, durante os cinco minutos de sobrevoo.

       

       

      Sinto-me profundamente honrado pela experiência vivida, sobretudo, no momento em que faço minha estreia a partir de nosso escritório, em Nova Iorque.

      Apertem os cintos. O voo na beira da rampa do C-130 é hoje, no Jornal da Record.

      Agosto de 2010

       

      Por viniciusdonola
      August 11, 2010 às 12:55 am

 

Share
Arquivo

 

TWITTER
SIGA-ME NO TWITTER

 

 

 

viagra